Blog

valor do metro quadrado do imóvel

Entenda o que influencia no valor do metro quadrado do imóvel

por URBS Imobiliária - Publicado em 31 de janeiro de 2019
valor do metro quadrado do imóvel
Tempo de leitura 6 min

O valor do metro do quadrado do imóvel é um dos principais mecanismos para saber se certa casa, apartamento ou escritório é barato, regular ou caro. Para ter uma noção mais profunda sobre este conceito e termo, é necessário compreender sobre as variáveis que incidem diretamente no cálculo. Mas afinal, você sabe quais são estes critérios?

Dessa forma, para esclarecer o assunto, abordaremos inicialmente sobre a importância de conhecer os parâmetros abordados para avaliar o metro quadrado de um imóvel. Em seguida abordaremos sobre os principais aspectos utilizados o seu cálculo. Por fim, falaremos sobre como chegar no valor certo. Continue lendo este artigo e saiba tudo sobre o assunto!

Por que é importante saber os critérios avaliados no valor do metro quadrado de um imóvel?

O valor do metro quadrado do imóvel é um dos principais critérios para avaliar o padrão de um espaço, seja ele residencial ou comercial. Vários são os aspectos que influenciam neste quesito, e estar atualizado quanto a essas condicionantes é essencial para quem deseja entrar no mercado imobiliário como investidor ou como comprador.

Entender quais são os critérios e como eles se relacionam com o preço final do imóvel é de suma importância para deixá-lo inteirado sobre o tema e não ficar nenhuma dúvida sobre o preço do imóvel e o seu valor real. Entre os fatores que podemos apontar, destacamos: localização, idade e conservação do imóvel, imóveis em regiões históricas e tipologia.

Quais são os fatores que influenciam no valor do metro quadro do imóvel?

Abaixo, estão organizados os principais fatores que agem diretamente no preço final de um imóvel, de acordo com seu metro quadrado.

Localização

A localização é uma das principais condicionantes que interferem no valor do imóvel. O preço de um terreno em uma cidade pequena não é o mesmo que um de tamanho similar na Avenida Paulista, por conta de aspectos econômicos, como relação de oferta e demanda, estrutura e serviços presentes na proximidade do local, entre outros.

Dessa forma, quanto melhor a infraestrutura urbana e a oferta de serviços no local, maior será o preço do imóvel. Há também a possibilidade de uma valorização do metro quadrado por conta de eventos futuros, quando há eventos e construções de infraestrutura planejados para os próximos anos, como é o caso de praças, avenidas, shoppings etc.

Idade e conservação do imóvel

Outro fator a ser analisado é a idade e a conservação do imóvel. Nesse sentido, há dois fenômenos que devemos destacar sobre a idade do imóvel. O primeiro, mais intuitivo, é que quanto mais novo o imóvel, maior o seu valor, pois patrimônios antigos não são muito bem vistos pelo público geral.

Entretanto, outra questão que devemos apontar é que imóveis antigos com características que remontam a outras épocas são igualmente valorizados, pois atraem um público especifico que se interessa por esse tipo de arquitetura, seja para morar, seja para montar um negócio como restaurante, bar, entre outras possibilidades.

Por fim, é importante que em ambos casos o imóvel apresente um bom estado de conservação. Caso não haja, é necessário que seja realizada uma pequena reforma para aumentar o valor do metro quadrado.

Imóveis em regiões históricas

Conforme o tópico anterior, imóveis antigos podem ser valorizados, dependendo de suas características arquitetônicas, história e estado de conservação. Dessa forma, edificações em ambientes históricos costumam ser mais valorizadas do que aquelas localizadas em regiões contemporâneas.

Outro fator que contribui para essa valorização é a restrição de construção de novos imóveis nesta região, para preservar as características históricas do local. Com menos oferta e demanda crescente, a tendência é de os preços do metro quadrado nessas regiões aumentarem.

Tipologia

A tipologia do imóvel é outro fator que influencia muito no valor do metro quadrado. Algumas tipologias são mais procuradas pelo público geral, enquanto outras não são vistas com bons olhos. Entretanto, vale a pena ressaltar que essa questão é subjetiva e cíclica, variando de acordo com a tendência do mercado imobiliário.

Tudo depende também da necessidade ou do objetivo final da aquisição. Famílias maiores tendem a procurar casas espaçosas enquanto pessoas solteiras ou estudantes pesquisam por lofts ou quitinetes. Além disso, há quem prefira apartamento, sobrados e até mesmo imóveis de alto padrão.

Quanto custa o metro quadrado de imóveis à venda no Brasil?

Segundo pesquisa realizada pelo Fipezap em 20 regiões do país, este é o valor do metro quadrado:

  • Distrito Federal: R$ 8.497;
  • São Paulo: R$ 8.641;
  • Rio de Janeiro: R$10.214;
  • Média das 20 cidades pesquisadas R$ 7.662;
  • Contagem: R$ 3.603;
  • Goiânia: R$ 4.097;
  • Vila Velha: R$ 4.547;
  • Salvador: R$ 4.838;
  • São Bernardo do Campo: R$ 5.978;
  • Santos: R$ 4.899;
  • Santo André: R$ 5.243;
  • Campinas: R$ 5.422;
  • Curitiba: R$ 5.568;
  • Vitória: R$ 5.688;
  • Porto Alegre: R$ 5.703;
  • Fortaleza: R$ 5.965;
  • São Caetano do Sul: R$ 5.978;
  • Belo Horizonte: R$ 6.114;
  • Recife: R$ 6.134;
  • Florianópolis: R$ 6.592;
  • Niterói: R$ 7.434.

Como calcular o metro quadrado de um imóvel?

Embora seja um cálculo simples, algumas peculiaridades devem ser levadas em consideração durante o cálculo. De forma geral, é necessário aplicar a fórmula “lado x lado”, tendo em vista que a maioria dos terrenos apresentam um formato retangular.

Por exemplo, em um terreno de 20 metros de testada e 40 metros de profundidade, ela, ao todo, apresenta uma área de 800 m². Caso exista uma casa dentro do terreno e se queria calcular apenas o valor desse imóvel, é necessário levar somente ele em consideração no cálculo. Por exemplo, se a casa apresentar 8 metros por 10 metros, então a área da mesma são 80 m².

Caso a edificação tenha mais de um andar e eles sejam sobrepostos, basta multiplicar o metro quadrado pelo número de andares. Como no exemplo acima, vamos considerar que a edificação tenha três andares. Logo, 80 x 3 = 240 m².

Entretanto, a maioria dos terrenos são irregulares e essas peculiaridades devem ser consideradas durante o cálculo. Para fazer isso, basta dividir o terreno em vários quadrados. Caso ele não seja formado exclusivamente por ângulos de 90 graus, deve se dividir o terreno em quadrados e triângulos e utilizar a fórmula para calcular as demais áreas: base x altura / 2.

Sendo assim, saber o que influencia no valor do metro quadrado do imóvel, além de conhecer os preços praticados pelo Brasil e como fazer o cálculo de um terreno são questões fundamentais para participar do mercado imobiliário, seja como um investidor, seja como um comprador.

Gostou de saber mais sobre o valor do metro quadrado do imóvel? Então assine a nossa newsletter e receba mais artigos como este para se manter sempre informado!