Blog

projeto de luxo

O que caracteriza um projeto arquitetônico de luxo? Entenda aqui

por URBS Imobiliária - Publicado em 22 de maio de 2020
projeto de luxo
Tempo de leitura 6 min

Quando abrimos uma revista de arquitetura, assistimos a um vídeo sobre decoração ou lemos um artigo na internet sobre projetos inovadores, normalmente nos deparamos com casas belíssimas, nas quais sonhamos em viver com a família. Essas residências de alto padrão são construídas a partir de um projeto de luxo em que cada detalhe é pensado visando uma finalização harmoniosa capaz de arrancar suspiros de observadores.

Neste artigo, vamos apontar os principais fatores que compõem os imóveis de luxo — moradias voltadas para o público da classe A. Acompanhe os próximos tópicos!

Quais são as características de um projeto de luxo?

Podemos pensar em muitos adjetivos para definir as moradias de alto padrão, como suntuosas, exuberantes e refinadas. Ao analisarmos um projeto de luxo, a tendência é que a gente inclua outros atributos nessa lista. Para entender o porquê, veja agora as principais características desses imóveis.

Design

O design é uma espécie de “tema” do imóvel. Se observarmos bem, veremos toques da personalidade do proprietário, da essência do arquiteto, além de uma mensagem emitida pela residência. Sendo assim, diferentemente de uma casa comum, a de alto padrão é feita não só para ser habitada, mas também para mostrar o motivo de ter sido construída.

Em outras palavras, o design de um projeto de luxo confere ao imóvel o mesmo impacto que temos no momento em que apreciamos uma obra de arte. Afinal, tudo é harmonioso: a entrada, os cômodos internos, os jardins e os arredores externos da região, uma vez que a casa de alto padrão conversa com o ambiente em que está inserida.

Não importa se o proprietário quer um projeto rústico, clean, contemporâneo ou clássico: a escolha ditará todo o contexto dos espaços. Estes costumam ter uma metragem generosa e uma atmosfera confortável e elegante.

Localização

Um artigo recentemente publicado no site da Forbes elencou os lugares com os metros quadrados mais caros do mundo. A cidade de São Paulo aparece na vigésima posição. Com US$ 1 milhão, é possível comprar 173 m² nos melhores bairros da capital paulista. São exatamente nesses endereços mais caros que se encontram as residências de alto padrão.

Não é por acaso que um projeto de luxo é concretizado em determinada região. Com certeza, esta dispõe de vários fatores positivos, como:

  • importantes vias de acesso;
  • rica área comercial;
  • parques arborizados;
  • pontos turísticos;
  • boa rede de transporte público;
  • áreas de lazer;
  • segurança.

Geralmente, uma moradia de alto padrão é construída em um bairro nobre. Por isso, a infraestrutura dos arredores é de boa qualidade. Por exemplo, as ruas recebem boa manutenção e os serviços de coleta de lixo e limpeza funcionam. Além do mais, não é raro observar vias arborizadas e jardins externos.

Interessante é que esse tipo de imóvel pode estar situado em edifícios, como é o caso do Epic City Home, ou em condomínios, como o Plateau D’or. Ambos construídos em áreas nobres da cidade de Goiânia.

Profissionais que assinam o projeto

Por trás de grandes obras, há grandes artistas. Essa frase desvenda um segredo dos projetos de luxo: eles são feitos por mentes talentosas. Muitos dos arquitetos e engenheiros das mais belas casas do Brasil têm uma vasta experiência profissional. Alguns já trabalharam em edificações internacionais ou para pessoas famosas.

Portanto, eles adquirem a habilidade de construir imóveis para os clientes mais ricos e exigentes. Além disso, ficam por dentro das novidades em decoração, materiais de acabamento, móveis e cores que caíram no gosto dos milionários do mundo.

Por serem tão valorizados, os arquitetos e engenheiros renomados escolhem bem cada trabalho que levará a assinatura deles. Esse é um dos motivos que levam as residências de luxo a serem tão cobiçadas quando são construídas por profissionais desse nível.

Móveis

Os móveis dos projetos de luxo são verdadeiros protagonistas dos cômodos. Por isso que eles são estrategicamente posicionados, conversam com o restante da decoração, combinam com as cores das paredes e provocam as mais variadas sensações nos moradores.

Para atender a todos esses requisitos, muitos proprietários preferem móveis personalizados — às vezes com um design arrojado ou, então, com toques tradicionais. Em relação ao material dos itens, o luxo é refletido na estrutura, nos tecidos e nas superfícies. Por exemplo, um sofá de tecido linhão e armários de madeira nobre.

Esse é um ponto que também revela muito sobre o dono da propriedade. Quando se trata de uma pessoa alegre e divertida, a mobília tende a ser mais colorida. Por outro lado, um tom mais sóbrio nos móveis mostra que é alguém com personalidade mais séria.

Além disso, sofás espaçosos espalhados pelas áreas de convivência apontam para um proprietário hospitaleiro. Como explicamos, o projeto de luxo é todo pensado para se conectar, principalmente com o dono do imóvel.

Iluminação

Tanto a iluminação artificial como a natural apresentam um objetivo nos imóveis de luxo. A primeira abrange o uso de plafon, lustres, sancas, LED embutido, spot de trilho ou direcionado. Isso dependerá do tipo de ambiente, metragem, decoração, bem como da sensação que o morador deseja ter.

Por exemplo, se o intuito é destacar uma linda tela na sala de estar, o spot de trilho será utilizado na direção do objeto. Já os compartimentos mais intimistas recebem a iluminação de um abajur e lâmpadas com cores relaxantes, como o amarelo.

No caso da iluminação natural, o projeto leva em conta o posicionamento da luz solar durante o dia. Assim, essa luminosidade entra nos ambientes na medida certa, gerando conforto térmico e uma atmosfera agradável. Além disso, áreas como jardins internos e quartos não sofrem o impacto da iluminação solar nos horários de pico de temperatura.

Decoração

A decoração é o charme do projeto arquitetônico de luxo. Ela se propõe a impressionar, valorizar os ambientes e transmitir o bom gosto do proprietário por meio de espelhos, lindos quadros, objetos caros, cortinas, tapetes, entre outros recursos.

Muitos dos itens decorativos podem vir de países como Índia, Emirados Árabes e Grécia, mas também de estados brasileiros que produzem lindas peças para ornamentar casas. Quanto ao material, sempre é de primeira qualidade. Não importa se o objeto é de ouro ou de tecido.

É até difícil descrever o enorme prazer de morar em uma residência de alto padrão. Na verdade, essa experiência é um grande privilégio. Sendo assim, vale a pena pensar em adquirir um imóvel de luxo e dar esse presente para a família.

E aí, ficaram claras as características de um projeto de luxo? Compartilhe este artigo nas suas redes sociais para que seus amigos também conheçam esses elementos.