Blog

place branding

Place Branding: entenda o que é, qual a importância e como fazer

por URBS Imobiliária - Publicado em 05 de julho de 2019
place branding
Tempo de leitura 6 min

Que o marketing é um conceito indispensável para quem deseja fazer bons negócios muita gente provavelmente já sabe. No entanto, surgiu uma vertente dessa área, o chamado place branding, e se você nunca ouviu falar sobre ele, é hora de ficar atento!

Basicamente, esse conceito se refere a uma maneira diferenciada de divulgar um local, seja ele um imóvel, seja um bairro, como se fosse uma verdadeira marca. Com essa estratégia, muitos proprietários, empresas do ramo imobiliário e, até mesmo, prefeituras, estão conseguindo atrair o público e alcançar ótimos resultados.

Mas como o place branding funciona e como colocá-lo em prática? É justamente sobre isso que falaremos neste post. Para saber mais, acompanhe a leitura e anote as nossas dicas!

O que é place branding?

É provável que você já tenha reparado: atualmente, cada vez mais pessoas estão nutrindo o desejo de viajar e conhecer outros lugares e culturas. Esse fenômeno se intensificou com a chegada da globalização, que facilitou o trânsito de pessoas em vários locais do mundo.

Ao perceber essa mudança, muitas cidades começaram a investir em estratégias para segmentar os seus espaços e mostrar seus diferenciais às pessoas — e um dos métodos usados para isso é justamente o place branding. Ou seja, a partir desse processo, é preciso reforçar as características de um destino, assim como as suas vantagens, atrações e demais razões capazes de estimular o turismo.

Nos Estados Unidos, por exemplo, essa é uma prática muito comum e que pode ser encontrada tanto nas cidades mais famosas do país, como Nova Iorque, quanto nas menores. Já no Brasil, também há bons exemplos de place branding, como Fernando de Noronha e Curitiba, duas localidades que trabalham muito bem as suas imagens. A ideia é divulgar o espírito da região, ao mesmo tempo que todos os seus atributos são valorizados.

Quem acha que o place branding é utilizado apenas para intensificar o turismo de um determinado local está por fora. Muito além disso, essa estratégia é capaz de oferecer diversos benefícios, sendo eles:

  • a oportunidade de criar uma identidade para a cidade ou imóvel;
  • estimular o orgulho dos moradores;
  • aquecer a economia;
  • aproximar a sua população;
  • melhorar a qualidade de vida do público.

Quais são os princípios do place branding?

Não basta apenas fazer publicidade de um imóvel, cidade ou país — é preciso seguir os princípios básicos do place branding. Veja, a seguir, quais são eles!

Envolva todas as partes interessadas no assunto

Toda estratégia precisa ser bem consistente e, por isso, é importante manter todas as partes muito bem envolvidas no seu projeto. Moradores, empresas, associações e, até mesmo, órgãos públicos são algumas das peças indispensáveis.

Invista na comunicação

A boa comunicação é a alma de todo negócio — e aqui não seria diferente. Para que a sua estratégia seja eficaz, é preciso investir no diálogo e ampliar a comunicação a partir do famoso “boca a boca”. Essa etapa pode ser realizada tanto do modo tradicional, ou seja, pessoalmente, quanto por meio das redes sociais, como no Twitter, Facebook ou WhatsApp.

Defina um propósito

Antes de sair por aí divulgando uma cidade, bairro ou imóvel, é importantíssimo definir o propósito dessa ação. Para isso, procure conhecer, de fato, o que o local tem para oferecer. É a segurança? A excelente infraestrutura? Os eventos culturais realizados periodicamente? As boas opções de estudo?

Tenha foco

Ainda que o lugar em questão tenha muitos diferenciais, é fundamental manter o foco. Esse cuidado fará com que o público consiga se identificar com mais facilidade com a sua estratégia.

Como o place branding ajuda na valorização do imóvel?

Não é segredo para ninguém que vender ou alugar um imóvel pode se tornar uma tarefa bem complicada. Hoje em dia, o mercado imobiliário é bem amplo e o que mais encontramos são proprietários e incorporadoras em busca de um público interessado em fechar negócio. Então, como fazer para se destacar em meio à multidão? Simples: com o place branding.

Por si só, esse método já carrega a proposta de fazer com que a população consiga valorizar mais determinadas localizações, o que acontece, principalmente, por conta da sensação de identidade e também de pertencimento que tal conceito transmite.

A partir do place branding, é possível mostrar para o público a importância econômica e também social que um espaço tem para a cidade, além de apresentar os seus pontos mais fortes e interessantes.

Imagine que você possui um terreno e deseja vendê-lo rapidamente. Pois bem, ao investir no place branding, será possível provar os motivos pelos quais ele deveria ser comprado por alguém interessado. Esse é o caso:

  • do preço, que pode ser acessível;
  • da localização, que pode ser privilegiada;
  • da metragem, que pode ser excelente;
  • das vias de acesso da região, que podem ser bem pavimentadas e com boas opções de transporte — e por aí em diante.

Quais os pontos mais importantes para o place branding?

O place branding, quando bem aplicado, proporciona bons frutos para qualquer região. Porém, existem alguns pontos de destaque que, atualmente, estão se mostrando bem eficazes e capazes de encher os olhos do público. Veja!

Lugares caros

Todo mundo gosta de “morar bem”, não é mesmo? Por conta disso, os bairros considerados “caros” são aqueles que mais atraem a atenção dos possíveis compradores. Isso acontece porque as pessoas acreditam que em tais locais existe muito mais segurança, opções de lazer, infraestrutura, além de uma arquitetura diferenciada.

Reputação do bairro

A boa reputação não se constrói de um dia para o outro — são necessários anos e mais anos para que um bairro conquiste boa fama. Em geral, essas regiões são consideradas as mais nobres e tradicionais de uma cidade e, consequentemente, também apresentam um custo de vida um pouco elevado. Contudo, essas localidades também merecem ser destacadas no seu place branding e razões para isso não faltam:

  • bairros com boa reputação são mais valorizados com o passar do tempo;
  • essas áreas tendem a ser bem arborizadas;
  • contam com excelente vizinhança;
  • têm boas opções de comércio.

Regiões que valorizam a inovação sustentável

Com o aquecimento global, a sustentabilidade se tornou tendência no Brasil e no mundo. Isso faz com que as regiões que prezam por ações sustentáveis sejam vistas com bons olhos pelos compradores, por exemplo:

  • bairros que priorizam os pedestres;
  • áreas que ofereçam opções de transporte alternativo;
  • regiões que investem na preservação do meio ambiente;
  • locais com construções inteligentes e capazes de diminuir o consumo de água e energia elétrica;
  • espaços que contam com hortas comunitárias.

Como você pôde ver, o place branding é uma tendência muito eficaz para fazer a divulgação de um imóvel e, consequentemente, fazer um bom negócio! Daí a importância de conhecer essa estratégia. Portanto, faça um teste e coloque essas ações em prática. Em pouco tempo, você notará a diferença!

Gostou de saber mais sobre o place branding? Para continuar recebendo outras dicas valiosas, assine a nossa newsletter e receba conteúdos exclusivos diretamente no seu e-mail!


Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Categorias: Dicas