Blog

otimizar espaço

Confira 7 dicas para otimizar espaço em sua residência

por URBS Imobiliária - Publicado em 30 de abril de 2020
otimizar espaço
Tempo de leitura 6 min

Por serem práticos, acolhedores, econômicos e fáceis de cuidar, os imóveis pequenos se tornaram bastante populares nos últimos anos. Contudo, pode ser que otimizar espaço não seja o seu forte e, por isso, você esteja com dificuldades de transformar a sua casa em um ambiente confortável sem fazê-la parecer “apertada”.

Felizmente, existem inúmeras maneiras simples de deixar a sua residência arrumada, de forma que transmita a sensação de amplitude e conforto que você tanto deseja. Quer saber quais são elas? Continue acompanhando este post e descubra como colocá-las em prática!

1. Invista no conceito aberto

Quando alguém opta por uma casa de conceito aberto, abre mão de paredes extras para ganhar alguns centímetros. O resultado vem na forma de ambientes integrados e, portanto, maior amplitude visual. A solução tornou-se uma tendência há algum tempo, pois permite o design de espaços modernos, além de ser a base para estilos como o minimalismo.

Além disso, mantendo os ambientes mais próximos, tende a estimular o diálogo e melhorar a convivência entre os moradores. Portanto, se você deseja otimizar o espaço da sua casa e, em suma, desfrutar de uma residência elegante e convidativa, deve apostar em um layout mais aberto.

2. Aproveite o espaço vertical

Cansado de organizar objetos espalhados pelos cômodos? Não sabe mais onde armazenar tantos itens? A solução pode estar no espaço vertical, ou seja, nas paredes. Se você parar para refletir, verá que muitas pessoas abusam dessas superfícies. Em algumas casas, elas abrigam elementos com um propósito puramente decorativo, como pinturas, espelhos e caixas de flores.

Porém, uma ótima maneira de aproveitar o espaço vertical é usá-lo como suporte para uma variedade de itens. Instale nichos e prateleiras de vários tamanhos para guardar caixas de organização, coleções de família, livros e outros itens. Também vale a pena prender suportes diretamente nas paredes ou portas dos armários para pendurar chapéus, jaquetas, bolsas etc.

3. Delimite os cômodos com objetos

Ter uma casa com o conceito aberto não significa que você terá que abrir mão de privacidade. Afinal, a simples divisão de ambientes é um recurso amplamente usado para compor pequenas áreas aconchegantes em locais fechados.

Então, como delimitar os quartos sem pensar em adicionar paredes? Uma alternativa é usar objetos grandes, como caixas de flores, cachepôs e telas, para criar uma espécie de barreira entre diferentes áreas.

Observe que é uma ótima ideia trabalhar com decoração natural, pois você terá os vasos de plantas e a madeira ou bambu na estrutura da tela. Outra opção é utilizar as cortinas. Existem diversos estilos, tipos de tecido e materiais que não deixarão um visual pesado. Você também pode usar o efeito cascata, no qual se prendem vários fios em uma peça instalada no teto.

4. Aposte na compra de móveis planejados

Caso você já tenha tido a sensação de que os móveis de um ambiente específico não combinam ou estão desatualizados, saiba que isso acontece muito quando escolhemos comprar peças de reposição ou misturar modelos novos e antigos no mesmo espaço. Além de não favorecer a estética, a união de várias peças com desenhos diferentes prejudica o planejamento do layout.

Em outras palavras, é difícil organizar móveis para otimizar espaço adequadamente. Para evitar incompatibilidades, vale a pena investir nos móveis planejados. O custo-benefício é garantido, pois é possível visualizar o projeto na loja e ter uma prévia de como o ambiente será composto. Dessa maneira, você pode definir a melhor solução, conforme necessário.

5. Considere a possibilidade de criar ambientes

É possível incluir espaços diferentes na casa, desde pequenas alterações até grandes mudanças. Se você gosta de praticidade, uma boa solução é aproveitar as áreas menos utilizadas. O espaço sob os degraus da escada, por exemplo, pode ser usado para exibir esculturas ou até armazenar bancos extras que são usados ​​pelos visitantes.

Agora, se você quiser transformar uma sala ou quarto em dois escritórios pequenos e aconchegantes, tente usar divisórias estreitas feitas de gesso ou madeira. O objetivo é otimizar o local para que não haja paredes grossas e pesadas.

Outra possibilidade de criar um novo ambiente é construir um mezanino. É totalmente possível se você tiver um pé-direito alto o suficiente para acomodar a estrutura. O novo espaço pode ser usado para inúmeras atividades familiares.

6. Troque as portas comuns por portas deslizantes

Quando você perceber que precisa adicionar portas entre a sala de estar e a varanda, ou até mesmo entre dois ambientes internos, não pense duas vezes em optar por modelos deslizantes. Também conhecidas como portas de correr, elas fazem seu trabalho muito bem sem ocupar uma área extra da sala.

Existem opções em vidro, madeira e alumínio com 2, 4, 6 folhas ou mais. Em alguns casos, você pode até incorporar a porta à parede, para que ela permaneça oculta enquanto estiver aberta.

7. Tome cuidado com o excesso de acessórios

Manter tudo arrumado também faz parte do processo de otimização do espaço. Afinal, muitos brinquedos, acessórios e outros objetos tendem a fazer qualquer ambiente parecer confuso. Se a quantidade de itens visíveis for muito grande, não há motivo para pendurá-los ou apoiá-los em móveis e outras estruturas — a impressão é sempre de que as coisas estão desordenadas.

Para evitar que os pertences atrapalhem a estética da sala, por exemplo, é importante controlar o volume. Priorize elementos que realmente tenham algum objetivo e tente salvar peças que não agregam valor à decoração. Bíblias e itens menores pesam ainda mais, portanto, é bom não combiná-los em um único arranjo.

Viu como não é difícil otimizar espaço em sua casa? Obviamente, algumas dicas exigem mais trabalho e até a ajuda de profissionais. Então, cabe a você definir que tipo de alteração será necessária a qualquer momento.

Quanto mais ideias você puder aplicar ao longo do tempo, mais fácil será otimizar o espaço da sua casa e manter a experiência agradável. Por exemplo: escolher utilizar um único tipo de piso em toda a residência ajudará bastante a unificar os ambientes.

Gostou das nossa dicas? Então, veja o que você precisa saber sobre decoração funcional para transformar de vez o seu lar!


Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Categorias: Dicas