Blog

O guia completo para fazer uma mudança de imóvel! – Parte 4

por Johan Pedro - Publicado em 02 de março de 2020
Tempo de leitura 4 min

Pegou as chaves?!

Tudo pronto pro seu novo endereço? Então vamos começar com o pé direito, o que acha? 

  1. Vamos começar sem problemas? Converse com a imobiliária sobre os procedimentos para se tornar, de fato, morador do imóvel. Podem ser necessários alguns procedimentos como a troca de nome da água, luz e gás, por exemplo!
  2. Tudo funcionado? Consulte com a imobiliária (e/ou com o condomínio) os procedimentos para ligar água, luz, e gás.
  3. Também verifique se não existem contas pendentes antes da sua locação. Débitos passados podem acarretar no corte desses serviços inesperadamente.
  4. Para imóveis de rua, converse com vizinhos próximos e se apresente, assim você evita transtornos e talvez consiga até algum tipo de ajuda na mudança. 
  5. No caso de condomínios, entre em contato com a administração e veja os procedimentos para se cadastrar na portaria, ter acesso ao regimento interno e iniciar o processo de reserva para o dia da mudança.
  6. Parece chato, mas é totalmente necessário: leia o regimento interno e tire suas dúvidas. Isso garante que você saiba seus direitos e deveres! 
  7. Com o laudo de vistoria do imóvel em mãos, fotografe e revise os apontamentos que constam no laudo. 
  8. Com isso, se você encontrar pontos que precisam de reparos, manchas e danos anteriores à sua locação você pode argumentar com a imobiliária ao entrar no imóvel ou quando for sair dele no futuro! Isso ajuda você e o proprietário a garantir as melhores condições da sua nova casa! 
  9. Verifique instalações hidráulicas, elétricas, portas, janelas e armários. Enfim, tudo que for necessário. Caso encontre algum problema, reporte para imobiliária dentro do prazo de contestação estabelecido no contrato. 
  10. Veja com os vizinhos, ou síndico, as provedoras de internet, TV e telefone disponíveis. Aproveite para descobrir a satisfação deles com cada provedora.
  11. Feito isso, entre em contato para ver opções de plano e prazos de instalação com as de sua preferência! 
  12. É provável que você queira, ou precise, fazer alguns ajustes e adaptações em detalhes no imóvel. Consulte a imobiliária sobre as condições e possibilidades antes de fazer qualquer intervenção no local.
  13. Aproveite que o imóvel ainda está vazio e contrate alguém para fazer alguns serviços gerais
  14. Geralmente, todo lugar tem um prestador de serviços “ali da região” que costuma fazer de tudo um pouco. Uma dica para encontrar alguém de confiança é conversar com a imobiliária, moradores, ou mesmo o síndico (no caso de condomínios), eles provavelmente terão o contato desse tipo de profissional. 
  15. Outra dica de ouro é pedir uma visita desse prestador para revisar alguns pontos importantes como: a necessidade de limpeza da caixa de gordura; limpeza dos ralos e pias; instalação de chuveiros e lâmpadas; lubrificação de fechaduras, dobradiças e trilhos, etc. 
  16. Se precisar de ajuda, combine também uma visita de um prestador de serviços para a instalação dos móveis e eletrodomésticos. Máquina de lavar, bebedouro, chuveiros, aparelhos eletrônicos, entre outros, podem exigir algum conhecimento e ajustes para funcionarem corretamente. 
  17. Seja você, ou um prestador de serviços, lembre-se de sempre consultar as instruções de cada aparelho para evitar danos e prejuízos. Em casos específicos, um profissional especializado pode ser mais adequado. 
  18. Se o imóvel estiver com sinais da presença de insetos (vivos ou mortos!) pode ser uma boa chamar um serviço de dedetização, assim você já se livra das pragas antes de viver no imóvel! 
  19. Especialmente para quem tem pets, crianças ou não pretende a visita de baratas e outros insetos, uma boa prática é substituir ralos convencionais por opções com fechamento. Esse é um pequeno detalhe que também pode impedir a ocorrência de odores em banheiros ou áreas de serviço. Converse com a imobiliária antes de fazer a troca, que geralmente é bem simples e tem ótimo custo-benefício.
  20. Faça uma boa faxina! Mesmo os imóveis mais novos ficam fechados por algum tempo e aí a poeira ocupa a casa toda! Dê uma faxina ou contrate alguém para isso. Como o local ainda está vazio, é bem mais simples fazer esse tipo de trabalho! 
  21. Quer manter o imóvel limpo? Já distribua panos de chão, tapetes pela casa e capacho na entrada, assim os prestadores de serviço, transportadores e até você mesmo sempre terão onde limpar os pés
  22. Também tenha vários panos, microfibras e materiais de limpeza que permitam sempre que necessário limpar as mãos e as paredes
  23. Leve garrafas com água, rolos de papel higiênico, sabonete e sacos de lixo, assim o imóvel já tem o mínimo para todo mundo ficar razoavelmente confortável e começar os trabalhos! 

Casa nova no jeito? Que tal levar uma caixinha de som também? Uma boa música vai tornar tudo mais divertido!

O dia da mudança, sem dúvidas, é bastante cansativo! Mas as dicas do próximo post vão te ajudar a deixar a casa no jeito para morar bem!
É hora da mudança! →