Blog

dicas de acabamento

Confira dicas de acabamento incríveis para sua residência

por URBS Imobiliária - Publicado em 05 de maio de 2020
dicas de acabamento
Tempo de leitura 6 min

São nos últimos estágios de uma obra que a “magia” acontece, ou seja, finalmente conseguimos ver o projeto tomando forma diante dos nossos olhos. Quando chega esse momento, é interessante procurar dicas de acabamento que ajudem a escolher o melhor para a sua casa. Afinal, essa decisão precisa ser tomada com cautela e atenção aos detalhes.

Mas vale destacar que os acabamentos costumam estar entre os itens que mais pesam no orçamento de construção. Sendo assim, é importante selecionar peças de alta qualidade para evitar gastos ainda maiores no futuro. Apostar em materiais frágeis, de baixo padrão, pode resultar em dores de cabeça e em um prejuízo enorme.

E como nós sabemos que essa nem sempre é uma tarefa fácil, elaboramos este conteúdo com dicas de acabamento que vão ajudar você a fazer as melhores escolhas para o seu lar. Confira!

Pisos que simulam pedra ou madeira

Que tal ter alguns toques naturais em casa e, de quebra, economizar dinheiro e reduzir impactos ambientais? Isso é possível por meio dos revestimentos com texturas parecidas com madeira ou pedras. Por exemplo, em ambientes que podem ser molhados (fachadas, banheiros, áreas de lazer etc.), vale apostar nos pisos que imitam a madeira.

Já os revestimentos similares a pedras como mármore e granito são opções perfeitas para o corredor de entrada, a cozinha ou até mesmo a área gourmet. Eles não só produzem um efeito muito parecido com o dos materiais originais, como também são bastante resistentes e duram bem.

A sugestão para ter uma superfície com menos divisões é optar pelos revestimentos retificados, pois demandam pouco rejunte. Aliás, este material é dispensado em uma técnica chamada “junta seca”, a qual pode ser aplicada em paredes internas que não têm contato com água. Mas para os pisos, recomenda-se fazer o rejuntamento de até 1,5 mm.

Cimento queimado

O cimento queimado é um acabamento muito usado nas paredes e nos pisos. Trata-se de uma boa aposta se você quer deixar o ambiente mais descontraído e cheio de personalidade, graças às manchas naturais de cimento.

É possível encontrar várias cores no mercado que proporcionam um efeito bem parecido com o do cimento queimado, mas vale lembrar que o original é mais resistente e tem maior durabilidade. Portanto, coloque na balança se é viável investir nas tintas similares.

Cerâmicas estampadas

Não dá para falar em tendências de revestimento sem citar as cerâmicas estampadas, que costumam ser usadas em pisos e paredes de espaços em que há umidade, como lavanderias, cozinhas e banheiros. Elas permitem alcançar diferentes tipos de estética. Se você quer toques modernos, urbanos, rústicos ou até românticos, pode investir!

O segredo para ter ótimos resultados é pensar bem nas cores, nos tamanhos e nos materiais das peças. É necessário ter cuidado na hora de selecionar as estampas para que a decoração não fique sobrecarregada, o que gera um grande incômodo visual.

Estampas neutras, por exemplo, funcionam bem em ambientes que já têm detalhes coloridos. Por outro lado, aquelas com cores são mais indicadas para áreas cujos móveis e outros itens apresentam tons sóbrios. Enfim, a dica é encontrar um equilíbrio entre os acabamentos e o restante da decoração da casa.

Metal de alto brilho ou fosco

Sempre em alta nos projetos, o metal hidrossanitário cromado ou polido vem ganhando opções de cores além da prateada, como ouro, cobre e preto. Com isso, é possível deixar a criatividade fluir mais e montar estilos de decoração diferenciados.

Também vale a pena citarmos o metal fosco, que tem conquistado o seu espaço pelo fato de conferir modernidade e delicadeza aos ambientes. Para esse tipo de acabamento, o preto e o rose gold são as cores mais populares.

Esquadrias antirruído

Quem mora em avenidas movimentadas sabe que os níveis de ruído são elevados por causa do trânsito e de outras fontes de poluição sonora. Felizmente, dá para amenizar esse incômodo e garantir mais paz ao seu lar por meio de portas e janelas com isolamento acústico.

A dica é sempre consultar um especialista para saber quais os materiais ideais para o seu caso. Pode-se investir nas esquadrias em PVC com vedação suave, em janelas com vidros duplos ou em portas com tratamentos acústicos. Tudo dependerá da intensidade dos ruídos nos arredores e da proteção desejada para a casa ou o apartamento.

Elementos vazados

De uns anos para cá, os elementos vazados (ou cobogós) viraram uma das tendências de acabamento de maior sucesso no Brasil. E não é para menos: tipicamente brasileiros, eles se encaixam perfeitamente às nossas características climáticas. Ao mesmo tempo em que fornecem luz natural, deixam o ambiente mais ventilado.

A variedade de modelos e tamanhos também é boa: peças de concreto ou cerâmica, bem como em tons claros e de grafite. Você pode utilizar esses blocos vazados em divisórias dentro da residência e até na fachada, para dar um toque mais moderno.

Rodapés diferenciados

Por que não colocar rodapés com materiais, cores e formas totalmente diferentes do design do piso? Para quartos e salas, por exemplo, uma boa opção é a combinação entre rodapés na cor branca e pisos que imitam madeira escura. Esse contraste dá a sensação de que o espaço é maior.

Se quiser fazer o contrário (rodapés com tons escuros e pisos claros), também funciona. É uma combinação mais indicada para ambientes muito grandes, que precisem de elementos que dividam visualmente o espaço para que as pessoas se situem melhor no local.

Louças criativas

A cor branca nessas peças é um clássico, não é verdade? Claro que é uma excelente opção, mas também pode ser bacana escapar do habitual por meio de modelos menos convencionais (inclusive nos formatos). Cores como verde, bege e preto são boas alternativas para você ousar.

E quando a gente parte para as pias, aí é que a variedade aumenta mesmo:

  • embutidas;
  • em vidro colorido;
  • em porcelana;
  • em acrílico;
  • redondas;
  • ovais;
  • retangulares;
  • cubas sobrepostas ou de semiencaixe.

Essas são apenas algumas dicas de acabamento, afinal, há inúmeras alternativas no mercado. É importante buscar informações não apenas para obter o melhor preço, mas também para verificar a qualidade dos materiais. Em geral, produtos com propriedades técnicas aprimoradas são mais caros, mas considere que o investimento compensa mais porque a vida útil das peças é muito maior.

Gostou das nossas dicas de acabamento e quer aprender mais sobre o assunto? Então, confira também o nosso post que explica como funciona e quais as vantagens do revestimento 3D!