Blog

Depois do isolamento: 7 tendências que vão mudar nossa rotina para sempre!

por Johan Pedro - Publicado em 20 de abril de 2020
Tempo de leitura 5 min

Já parou para pensar em como sua vida mudou nos últimos dias? Sua relação com o trabalho, família e amigos provavelmente está bem diferente do que era há poucas semanas. 

A gente sabe que esse período de isolamento vai passar, mas o mundo de janeiro ou fevereiro também não existe mais. E no futuro?

Novas rotinas pedem novos espaços!

Enquanto famílias tinham uma rotina muito definida e a casa ficava boa parte do tempo vazia, agora estamos vivendo um período de convívio e relacionamento muito intenso e isso oferece um novo olhar sobre os espaços que você usa diariamente e suas preferências. 

Em ambientes comerciais, as adaptações serão ainda maiores: são estabelecimentos com vendas por e-commerce ou escritórios com funcionários trabalhando remotamente. As medidas vão impactar diretamente em como esses espaços são pensados hoje e vão ser redesenhados para essa nova realidade

Inspirados nesta coluna do El País, reunimos 7 tendências que vão influenciar o futuro das residências e estabelecimentos comerciais. 

Convívio e comunidade

Com tantas dificuldades a serem superadas, o movimento natural vai ser o de estabelecer um senso de comunidade maior entre quem está ao nosso redor.

Isso significa que vizinhos vão se aproximar, e que os pequenos negócios precisam de estratégias para se comunicar diretamente com essas pessoas. 

Ao invés de shoppings ou grandes shows e festivais, as áreas comuns de condomínios, as praças e os parques vão ser ambientes centrais no retorno das pessoas às ruas. 

Outra tendência será a escolha de apartamentos ou condomínios horizontais com área de lazer, e os condôminos-clube, que já eram muito procurados, agora serão ainda mais valorizados.

Menos é mais

Com o comércio fechado, o impacto econômico já influencia empresas e pessoas em suas preferências e possibilidades de consumo. 

Com isso, pensar no que realmente faz sentido para o nosso dia-a-dia vai impactar diretamente naquilo que pretendemos comprar.

Se antes fazia sentido um novo carro para ir ao trabalho, agora ter um escritório mais confortável em casa condiz muito mais com a nossa realidade.

Espaços Comerciais

A padaria do seu bairro faz entrega? Enquanto grandes varejos já tinham uma plataforma completa na internet, os pequenos e médios negócios ainda estão se adaptando à essa realidade. 

Isso vai influenciar diretamente no tamanho dos estabelecimentos e no formato também! A era de grandes espaços físicos e vários vendedores ficou no passado! 

Magazine Luíza, Lojas Americanas e Pão de Açúcar são empresas que mostram bem essa tendência acontecendo, com lojas em formato Express e presença marcante na Internet. 

Experiências 

Quantas Lives você assistiu nos últimos dias? Ou uma vídeo chamada para sua família? 

Seja para uma marca ou pessoa o momento agora é de estabelecer novas formas de se relacionar com as pessoas! Boa parte dessas tendências já existiam e apenas ficaram em evidência com a quarentena.

Tudo indica que as marcas e pessoas vão explorar cada vez mais novas formas de comunicação.

Localização privilegiada

Fazia sentido demorar 2 horas para chegar no trabalho? E a escola das crianças que ficava do outro lado da cidade? 

É claro que isso já incomodava antes, mas agora, isso realmente vai ser determinante para a decisão das famílias sobre sua rotina. 

Imóveis com localização estratégica, com boa oferta de  transporte público ou acesso à vias expressas vão se tornar um ativo ainda mais valorizado

Para escritórios e comércios isso também vira um ponto crucial para o relacionamento com seus colaboradores. Ambientes corporativos que permitem escala de horários ou teletrabalho, além de incentivos para outras formas de locomoção como transporte público, bicicleta, ou mesmo a pé, serão preferência para grande parte dos candidatos

Esse novo olhar das famílias também vai impactar diretamente os comércios da região, criar um relacionamento com prédios e condomínios próximos e oferecer opções de entrega ou atendimento remoto são tendências que estarão no topo da preferência dos consumidores. 

Educação à distância

Se agora já existe uma avalanche de cursos online disponíveis, essa nova onda não vai passar, pelo menos não por agora.

É que plataformas que ligam professores a alunos serão cada vez mais exploradas, afinal, não faz sentido atravessar a cidade por uma ou duas horas para ter uma aula de 50 minutos.
Ambientes que permitam que as pessoas estudem em casa com conforto e privacidade vão ser fundamentais para que essa tendência seja cada vez mais explorada.

Home Office

A palavra da moda é outro conceito que já existia há algum tempo e que agora ganhou a cena de praticamente todos os escritórios. 

Agora, se por um lado as empresas vão mudar sua realidade para adotar esse modelo, pelo menos temporariamente, por outro, colaboradores estão enfrentando um novo desafio que é o de trabalhar dentro da própria casa

Falando nisso… O sinal do Wi-Fi pega na sua casa toda? A chamada de vídeo funciona ou vive caindo? 

Plantas que permitem mais de um ponto de internet, com uma melhor distribuição do Wi-Fi pelo imóvel também serão diferenciais cada vez mais desejados pelos moradores. 

Além disso, residências que permitem uma maior separação entre os ambientes de trabalho e de convívio vão entrar em evidência.


E você? Já vive alguma dessas tendências no seu dia a dia? Deixe nos comentários o que sua casa precisa para viver esse novo futuro!