Blog

decoração clássica

Decoração clássica: quais suas características e como utilizar?

por URBS Imobiliária - Publicado em 01 de julho de 2019
decoração clássica
Tempo de leitura 6 min

A decoração clássica é um estilo que nunca saiu de moda e até hoje está muito presente, ganhando um grande destaque mesmo entre as tendências. Ela surgiu nos períodos grego e romano, quando a alta sociedade esbanjava poder e imponência. Tais características eram demonstradas também na decoração, marcada pela elegância e pela sofisticação.

No entanto, para acertar na composição, é fundamental seguir algumas regrinhas básicas. Pensando nisso, preparamos este post com dicas imperdíveis para você não errar ao escolher os elementos para compor sua decoração. Acompanhe!

Tenha cuidado com as proporções

A decoração clássica requer ambientes amplos e altos porque é composta por peças decorativas e móveis vistosos e bem ornamentados. Contudo, é perfeitamente possível adaptá-la para espaços menores.

Nesse caso, opte pela predominância de tons claros nas paredes e pisos. Uma boa dica é pintar o teto com tinta branca, pois dá a sensação de pé direito mais elevado. Também, é preciso tomar cuidado para não colocar muitos móveis no cômodo e dosar no porte das peças, volume das cortinas e tamanho dos lustres. Caso contrário, parecerá menor do que é, comprometendo a decoração clássica.

Invista em móveis de madeira nobre

O mobiliário é o protagonista da decoração clássica. O ideal é que seja em madeira maciça escura, como o mogno, nogueira, cerejeira e jacarandá. Eles devem se destacar pela imponência e riqueza de detalhes. As partes mais visíveis devem ser bem elaboradas, com linhas bem torneadas, formas orgânicas e entalhe. Detalhes dourados nos puxadores e pés dão um toque de requinte.

Então, nada de linhas retas e móveis simples. As camas são grandes, com cabeceiras bem trabalhadas e, em alguns casos, com dossel e quatro colunas. Na sala, poltronas ou cadeiras estofadas com couro ou veludo são ótimas para valorizar o espaço e deixá-lo ainda mais aconchegante.

Opte por iluminação branda

A iluminação é um detalhe extremamente importante na decoração. Sua função vai além do papel funcional, pois é responsável por moldar o clima de um ambiente e conferir o estilo correto que se pretende seguir. Ao decorar, desejamos passar sensações por meio das cores e elementos utilizados. Isso é feito, inclusive, com o uso dos objetos de iluminação corretos.

Lustres não podem faltar em uma decoração clássica, principalmente nas salas de jantar e sala de estar. Use também pendentes e abajures imponentes e requintados. Opte por peças que tenham detalhes em dourado ou bronze. Isso contribui muito para dar um toque de luxo e refinamento.

Com relação à cor da luz, a amarela é a correta. Contudo, locais como a cozinha e banheiro necessitam de mais iluminação. Para esses cômodos, escolha a luz neutra, que é um meio-termo entre a branca e a amarela. Desse modo, a funcionalidade do local não será prejudicada nem a decoração ficará comprometida.

Escolha as cores adequadas

A decoração clássica é considerada clean por não utilizar contrastes fortes nem cores vibrantes. Três tons devem prevalecer nos ambientes: metalizado (cobre, bronze, dourado e prata), marrom (presente nos móveis de madeira) e branco, que pode ser complementado com bege, off-white e creme.

Entretanto, não deixe de utilizar o preto, bordô, verde-esmeralda e azul-marinho. Essas cores podem estar presentes no estofado do sofá e poltronas, por exemplo. Ainda podem aparecer nas almofadas, nas peças decorativas e nos detalhes das cortinas.

Se quiser optar por um papel de parede, os florais são muito bem-vindos, principalmente os em tom pastel de rosa ou damasco. Outra excelente opção são os com estampa de adornos e arabescos — desde que nas cores que formam a base do estilo.

Saiba quais são os materiais indicados

Já mencionamos sobre a madeira nobre na decoração clássica. Mas o requinte também deve estar presente em outros materiais, como o mármore, que deve estar nos acabamentos, como bancadas da cozinha e banheiros, piso e, se o espaço permitir, vigas adornadas. Usar um revestimento no piso que imite madeira ou mármore é uma alternativa incrível de adicionar esses materiais à decoração.

Com relação aos tecidos, aposte na seda, brocado e veludo, tanto para as cortinas quanto para o estofamento de poltronas, cadeiras, sofás e divã. No caso das cortinas, elas devem ser longas, com aspecto teatral. Os padrões utilizados são os florais, listrados e lisos. Vale lembrar que devem sempre seguir a paleta de cores do estilo clássico.

Não esqueça dos acessórios da decoração clássica

O estilo clássico é um dos que mais abusa dos ornamentos e acessórios. Todavia, é fundamental ter cautela para não exagerar na dose, que pode deixar a decoração pesada, com confusão visual e cheia de elementos que não harmonizam entre si.

Decore os ambientes com cristais (em lustres, vasos e objetos decorativos), pratarias, almofadas de veludo, esculturas, bustos, quadros e espelhos em molduras elaboradas, candeeiros, abajures com cúpula de seda, arranjos de flores naturais e muitos livros (em estantes, sobre mesas de centro e até mesmo no chão, formando pilhas ao lado de poltronas).

Os tapetes são peças que não podem faltar. Utilize-os sob a mesa de jantar, na sala de estar e sob as camas nos dormitórios. Ainda, é bastante comum encontrar tapeçarias adornando as paredes com muita beleza e sofisticação. Os quadros devem ter como tema a natureza, natureza-morta ou retratos.

Como você viu, é um estilo decorativo que se preocupa com os detalhes e com a sofisticação. Ainda assim, é bastante fácil de ser aplicado em qualquer casa. As cores predominantes devem ser as neutras e não há grandes contrastes nos tons. Sendo assim, é tida como uma decoração curinga e faz sucesso entre os admiradores do luxo, da sofisticação e refinamento.

A decoração clássica preza pelo conforto e requinte. Para isso, deve-se sempre utilizar o bom senso, tanto para escolher a quantidade de peças decorativas quanto para optar pelo número de móveis em cada cômodo. Lembre-se de dar preferência a materiais nobres em todos os elementos. Desse modo, sua casa terá uma decoração atemporal, cheia de personalidade e com uma beleza extraordinária.

E então, gostou deste artigo? Que tal compartilhá-lo em suas redes sociais? Dessa forma, seus amigos também conhecerão os detalhes para compor uma decoração clássica em seus lares sem erros!