Blog

conservação e limpeza de móveis

6 dicas de conservação e limpeza de móveis para você adotar na sua casa!

por URBS Imobiliária - Publicado em 15 de abril de 2020
conservação e limpeza de móveis
Tempo de leitura 6 min

Os móveis são elementos fundamentais em nossas vidas. Eles não só ajudam a compor a decoração da nossa casa, como também nos proporcionam bem-estar, qualidade de vida e contribuem para a funcionalidade do ambiente. Por esse motivo, é preciso saber como fazer corretamente a conservação e limpeza de móveis.

Embora pareça uma tarefa fácil, é essencial tomar alguns cuidados para não os danificar e para fazer com que durem mais e estejam sempre apresentáveis. Pensando nisso, nós listamos 6 dicas fáceis e práticas para você cuidar das suas peças e tê-las sempre como novas. Boa leitura!

1. Mantenha-os longe da umidade

Mesmo que os seus móveis sejam de ótima qualidade, eles podem sofrer alterações e deformidades se forem excessivamente expostos à umidade. Seja qual for o material de fabricação, a peça está sujeita a danos porque a umidade pode mudar seu formato ou criar descolamentos, trincas, descoloração, mofo, descamação na pintura ou outros problemas.

Desse modo, mantenha sempre seu lar bem seco e arejado, não utilize panos encharcados para fazer a limpeza e evite acidentes com líquidos. Nas mesas, por exemplo, sempre utilize porta-copos e não deixe xícaras, canecas ou copos sobre o sofá, puff, banco ou assento das cadeiras.

Para evitar o surgimento de mofo, não deixe os móveis encostados na parede ou em outro móvel. Mantenha sempre um espaço para a passagem de ar em todos os lados, a fim de permitir a ventilação.

2. Proteja-os da luz do sol

Quando os raios solares incidem diretamente sobre o mobiliário, isso pode diminuir a durabilidade das peças. Além disso, pode causar manchas, ressecamento, fissuras no material e fazer com que as peças fiquem tortas, perdendo totalmente a estabilidade.

O tecido de estofados como sofá, poltronas e cadeiras pode desbotar e até se rasgar, pois as fibras se ressecam e ficam quebradiças. Materiais como madeira e laca podem entortar e até sofrer rachaduras quando a luz do sol é constante.

Se você tem varanda, escolha móveis específicos para a área externa. Eles podem ficar expostos ao tempo sem perigo de danos. Se há móveis próximos a janelas, mantenha as cortinas fechadas. Escolha um tecido leve e fluido como o voil. Desse modo, a luminosidade natural consegue iluminar bem o ambiente e suas peças ficam protegidas.

Aliás, altas temperaturas também danificam a superfície dos móveis. Então, não coloque objetos, louças e panelas quentes diretamente sobre a mobília. Sempre utilize um suporte para amenizar a passagem de calor.

3. Atenção para os produtos de limpeza

Para a grande maioria das peças, um pano úmido com água morna e sabão neutro ou uma mistura de água e álcool em partes iguais é o suficiente para a conservação e limpeza dos móveis. Não esqueça de sempre passar um pano seco em seguida.

Entretanto, caso você prefira utilizar produtos químicos, leia com atenção o rótulo e verifique para que tipos de materiais são indicados. De qualquer modo, utilize apenas um pano macio. Palhas de aço ou outros objetos podem danificar seus móveis. Além disso, evite produtos abrasivos, como saponáceos, pois podem riscar a superfície da peça.

A cera tradicional e o lustra-móveis renovam a aparência dos móveis de madeira e, ainda, deixam um cheirinho gostoso no ambiente, além de evitar que a poeira grude na superfície. Um cuidado muito importante a ser tomado com a cera é com relação à cor. Há cera incolor, vermelha, amarela, azul, marrom e outros tons. Verifique se a tonalidade é a indicada para o seu móvel.

4. Tenha cuidado para tirar manchas resistentes

Se aparecer qualquer mancha persistente, tente retirá-la utilizando uma esponja ou escova bem macia com sabão neutro diluído em água. Em seguida, seque imediatamente com um pano seco.

Caso a marca não desapareça, o ideal é procurar ajuda de profissionais. Eles utilizarão os produtos e as técnicas adequadas para realizar a higienização da forma correta sem prejudicar sua peça.

No caso de colchões, almofadas, sofás e poltronas estofadas, há empresas especializadas. É importante que esse tipo de higienização seja feito periodicamente, mesmo que não haja manchas aparentes. Isso porque a sujeira e os ácaros ficam acumulados nas fibras internas.

5. Equilibre o peso sobre o móvel

Evite manter objetos muito pesados sobre os móveis. Para cada um, há um limite de peso que deve ser respeitado. Uma prateleira cheia de livros, por exemplo, pode ceder e entortar ou, pior, desabar.

Uma solução muito boa é intercalar objetos decorativos e leves entre uma sequência de livros, como vasinhos, caixas decoradas ou porta-retratos. Além de contribuir para a decoração do cômodo, diminuirá o peso e evitará danos e acidentes.

É preciso distribuir o peso também nos armários da cozinha. Afinal, geralmente, as louças têm um peso considerável. Procure não fazer pilhas com muitos pratos ou assadeiras de vidro, por exemplo.

6. Não arraste os móveis

A conservação dos móveis depende também da maneira como são utilizados. Não arraste as peças, pois isso pode entortar ou até quebrar os pés de apoio. Além disso, mudá-los constantemente de lugar pode enfraquecer os encaixes e deixá-los sem sustentação e firmeza, comprometendo sua funcionalidade.

Sempre que precisar movimentá-los, prefira erguer as peças para que não sejam danificadas e risquem o piso. Do mesmo modo, não suba nas cadeiras para alcançar um lugar alto. Utilize os móveis somente para os fins a que se destinam. Outro ponto importante a considerar é fechar e abrir gavetas e portas com cuidado. Puxá-las ou empurrá-las com força danifica o encaixe, as dobradiças e as corrediças.

Agora que você já sabe como fazer a conservação e limpeza de móveis, não deixe de cuidar de suas peças. Lembre-se de que é preciso manter uma periodicidade na higienização e nos cuidados diários com suas peças. Assim, elas terão uma vida útil maior e ficarão sempre bonitas, deixando seu lar ainda mais aconchegante e contribuindo para sua valorização.

Gostou de saber como cuidar da mobília de forma correta? Então, aproveite para compartilhar este post em suas redes sociais. Assim, mais pessoas conhecerão as dicas que apresentamos aqui!


Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Categorias: Dicas