Blog

comprar um imóvel ou investir em fundo imobiliário

Comprar um imóvel ou investir em fundo imobiliário: o que escolher?

por URBS Imobiliária - Publicado em 28 de janeiro de 2020
comprar um imóvel ou investir em fundo imobiliário
Tempo de leitura 6 min

O investimento tem o objetivo de fazer seu dinheiro render e trabalhar para você. No setor imobiliário, há diversas opções, para diferentes estilos, o que faz algumas pessoas ficarem indecisas. Uma das principais dúvidas é se vale mais a pena comprar um imóvel ou investir em fundo imobiliário.

A compra corresponde à aquisição de uma propriedade, como casa ou apartamento. Já o fundo consiste em adquirir uma cota de participação por determinado valor. Ele é coletivo, em que os valores são aplicados em diversos empreendimentos, como shoppings, lajes corporativas e outros edifícios.

Se você ainda não decidiu se vai comprar um imóvel ou investir em fundo imobiliário, uma ótima medida para clarear suas ideias é colocar na balança os prós e contras de cada opção. Vamos lá?

Quais as vantagens dos fundos imobiliários?

Os fundos de investimento são tão populares porque têm benefícios especiais. Para conhecer melhor essa alternativa, veja quais são os pontos positivos que ela oferece.

Maior agilidade e liquidez

Após adquirir uma cota em um fundo de investimento, você ganha de dois modos: pelo rendimento dos empreendimentos imobiliários, ou ao vender a cota por um preço maior. De qualquer forma, é possível ter agilidade nos ganhos e vender a participação a qualquer momento. Trata-se, portanto, de uma opção com maior liquidez.

Gestão profissional

O fundo também é uma escolha para quem não entende muito do mercado financeiro. Todos os recursos são movimentados por um gestor especialista, o que garante total profissionalização das decisões.

Oportunidades mesmo com pouco dinheiro

Normalmente, os valores das cotas são menores que os da compra de um imóvel. Para quem tem menos dinheiro disponível, é uma alternativa interessante e com bastante conveniência.

E quais são as desvantagens?

Ao mesmo tempo, investir nesses “condomínios” financeiros também tem suas desvantagens. Para tomar uma decisão sem arrependimentos, confira o lado negativo dessa possibilidade.

Taxa de administração

Todo fundo de investimento tem uma taxa de administração, que é a remuneração para os profissionais envolvidos. Em algumas situações, há a taxa de performance, quando o desempenho é acima da média.

Risco de desvalorização das cotas

Dependendo das condições de mercado, a cota pode desvalorizar. É o que acontece se um empreendimento do fundo tiver algum problema ou se ocorrerem diminuições na alocação de ativos. Como resultado, você tem que escolher entre perder liquidez ou dinheiro.

Falta de acessibilidade

Embora o custo seja menor, algumas opções diferenciadas são limitadas para investidores altamente qualificados. Isso significa um gasto inicial maior e a falta de acessibilidade para quem começa agora.

Por que comprar um imóvel?

Já a compra de um imóvel envolve a aquisição desse bem durável de maneira definitiva. É uma alternativa com muitos pontos positivos, os quais você vai descobrir a seguir. Veja!

Aumento do patrimônio e da segurança

Quando você adquire um imóvel, adiciona um grande valor ao seu patrimônio. O bem poderá ser usado pela família em diversas situações, o que ajuda a garantir mais segurança e proteção para todos.

Caso tenha que se mudar ou usar um novo endereço, o imóvel sempre estará lá, disponível para as suas exigências. Além disso, é algo que pode fazer parte da sucessão patrimonial para filhos e cônjuge, por exemplo.

Total controle da gestão

Assim que assinar a escritura e formalizar o processo, o imóvel será sua responsabilidade. Também significa que poderá tomar todas as decisões, como vender, reformar, alugar ou qualquer escolha desejada. É diferente do fundo de investimento, em que a gestão do patrimônio é tarefa exclusiva do profissional.

Com tanta liberdade, você não fica à mercê das definições de um profissional nem corre o risco de ver seu dinheiro ser afetado por uma terceira pessoa. Para quem busca maior controle sobre o próprio dinheiro, é a alternativa ideal.

Diversas oportunidades na cidade

Em uma cidade do porte de Goiânia, por exemplo, dá para encontrar dezenas e até centenas de imóveis à venda. É possível escolher a que preenche exatamente todos os seus requisitos. Desse jeito, fica mais fácil aproveitar todo o potencial do investimento.

Além disso, há como aplicar de diversas maneiras. Você pode reformar um imóvel antigo e esperar a sua valorização, comprar um na planta e vendê-lo quando estiver pronto ou alugar se preferir. Ainda pode investir no aluguel por temporada e, assim, explorar as oportunidades sazonais.

Quais os pontos negativos dessa opção?

Para concluir se é mais vantajoso comprar um imóvel ou investir em fundo imobiliário, você também precisa pesar os contras da primeira. Descubra quais são os aspectos que devem ser considerados.

Demora para encontrar o imóvel perfeito

Dependendo das suas exigências e do local, pode ser difícil encontrar a alternativa ideal para as suas necessidades. Porém, essa é uma desvantagem contornável. Com o apoio de uma imobiliária, é possível ter acesso às melhores opções, o que favorece a escolha. Também não precisará pagar pelo serviço, já que a comissão do corretor de imóveis é de responsabilidade de quem vende — e não de quem compra.

Risco de desvalorização da área

Ainda pode acontecer de a área sofrer uma desvalorização, o que diminui o rendimento do investimento. No entanto, o suporte de uma imobiliária também faz a diferença no sentido de tornar mais fácil encontrar oportunidades positivas em médio e longo prazo. Com isso, a segurança aumenta.

Afinal, é melhor comprar um imóvel ou investir em fundo imobiliário?

Ao se deparar com as duas alternativas, é normal ter dúvidas sobre o que faz sentido. Primeiramente, é preciso considerar suas expectativas, seus interesses e seu conhecimento no mercado financeiro.

Contudo, entre a compra de um imóvel ou o investimento em fundo imobiliário, a primeira se mostra mais interessante. Dá para aproveitar toda a segurança patrimonial e a independência sobre a tomada de decisão.

Também se trata de um negócio com grande potencial no presente e no futuro, e é possível contar com a ajuda de uma imobiliária. Portanto, é uma forma mais interessante de aplicar seu dinheiro e de obter bons resultados.

E então, escolhe comprar um imóvel ou investir em fundo imobiliário? Esperamos que você tenha percebido que a primeira alternativa pode valer mais a pena. Se optar por ela, não se esqueça de buscar a assessoria de uma imobiliária de confiança.

Gostou desse comparativo? Compartilhe o post nas suas redes sociais e ajude seus amigos a fazerem boas escolhas.


Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Categorias: Mercado e Investimentos