Blog

comprar ou alugar

Comprar ou alugar: entenda qual é a melhor opção para você e sua família

por URBS Imobiliária - Publicado em 18 de dezembro de 2018
comprar ou alugar
Tempo de leitura 6 min

Conforto, segurança e boa localização estão entre as características essenciais para morar bem. É por isso que muitas pessoas fazem longas reflexões sobre o tipo de moradia ideal. Além da dúvida recorrente entre casa ou apartamento, é comum que as famílias questionem sobre a possibilidade de comprar ou alugar imóvel.

Mas será que existe uma opção ideal? É o que você descobrirá neste artigo. Acompanhe os principais benefícios do aluguel e da compra para orientar sua escolha e garantir uma decisão certeira!

Quais são as vantagens de alugar imóvel?

Embora ainda seja tratado como sinônimo de desperdício de dinheiro por muitos, o aluguel tem prós que devem ser considerados. Isso porque, ainda que não gere retorno financeiro ao pagador, traz uma flexibilidade que é positiva para diversas pessoas.

Inclusive, trata-se de uma modalidade bastante procurada por jovens e novos casais — muitos com o objetivo de constituir família.

Praticidade e economia

O investimento inicial para alugar uma casa ou apartamento não é alto. Considerando que o locatário escolherá um empreendimento adequado à sua condição financeira, é uma opção que gera pouco impacto no orçamento familiar e que beneficia quem não pretende ficar na região por longos períodos.

Dependendo da necessidade, ainda é possível alugar um imóvel pronto para morar e, assim, economizar com a compra de mobília e eletrodomésticos. A comodidade e a praticidade de não precisar realizar mudança compensam o preço pago por espaços mobiliados, que costumam ser um pouco mais caros.

Liberdade para mudança

Outro ponto que faz a diferença na escolha entre comprar ou alugar é o tempo de permanência na cidade escolhida para morar. Uma pessoa que ainda não atingiu estabilidade no emprego ou tem incerteza sobre seu futuro profissional, por exemplo, costuma encontrar no aluguel uma excelente opção.

Caso precise deixar a região, poderá fazê-lo rapidamente. Isso porque muitos contratos de locação são curtos e permitem maior liberdade para a mudança. Se tivesse a propriedade em seu nome, teria que se preocupar em resolver a situação do imóvel (alugar ou vender, por exemplo) antes de fazer outros planos.

Redução dos riscos

Quem ainda não se sente seguro para investir em imóveis ou não quer criar raízes em determinado lugar também se beneficia com o aluguel. Por ser flexível, a modalidade tende a representar menos riscos quando comparada a um financiamento ou consórcio imobiliário.

Imagine que, em algum momento, você precise lidar com a diminuição da renda ou encarar a falta de recursos para custear o local de moradia. Nesses casos, teria a possibilidade de sair do imóvel por um período e procurar um lugar mais barato até que pudesse se recuperar e estabilizar a situação financeira.

Quais são as vantagens de comprar imóvel?

É fato que a aquisição de um imóvel exige mais planejamento quando comparada à locação, afinal, trata-se de uma negociação que envolve um investimento considerável. Apesar disso, ter um lugar para chamar de seu continua compondo a lista de sonhos de muitas famílias brasileiras.

A opção também tem seus benefícios e hoje é cada vez mais possível de alcançar, seja por meio de pagamento à vista ou parcelado (via consórcios e financiamentos). Inclusive, quem tem montante suficiente para quitar o valor do imóvel ainda ganha o bônus da economia garantida nos descontos oferecidos pelos vendedores.

Possibilidade de personalização

Um dos principais pontos a favor da compra está na possibilidade de deixar o lar mais aconchegante e com a cara dos moradores. Afinal de contas, quando se é proprietário do imóvel, a liberdade para fazer mudanças e alterações aumenta muito.

Você pode realizar projetos de reformas e adaptar a casa à rotina de toda a família. Dessa forma, é possível definir o estilo de decoração dos cômodos, o tipo de iluminação, o layout dos ambientes e outros detalhes, desde os materiais de acabamento até os acessórios — tudo para personalizar a residência!

Patrimônio para o futuro

Ainda que gere custos com manutenção ao longo de sua vida útil, um imóvel pode ser considerado uma espécie de investimento. Isso porque, quando bem cuidado, se transforma em um patrimônio de grande valor para os proprietários.

Ao adquirir uma casa ou apartamento, você não só terá um local de moradia para fazer o que bem entender, como também um imóvel valorizado com o passar do tempo. Futuramente, dependendo da necessidade, o bem poderá ser vendido ou até gerar renda a partir de serviços de locação.

Economia a longo prazo

Mesmo quem tem dificuldade para poupar dinheiro e pagar um imóvel à vista pode obter economia a longo prazo. Ao comprar com financiamento, por exemplo, você terá a certeza de que as despesas em forma de parcelas um dia serão quitadas — o que não acontece com quem permanece sempre no aluguel.

Além do mais, saiba que assumir um investimento é uma boa forma de conter gastos e dar início a um planejamento financeiro. Aos poucos, o hábito da economia e o consumo consciente se tornarão frequentes e trarão benefícios para toda a família.

É melhor comprar ou alugar?

A resposta que as pessoas tanto aguardam é esta: isso depende. Foi justamente por isso que apresentamos as vantagens mais relevantes de cada opção. A partir de agora, é importante que você analise cada uma delas e reflita sobre as condições que mais se aproximam de sua realidade.

Perceba que nem sempre o que é melhor para uma pessoa será para alguém completamente diferente, afinal, os desejos e necessidades variam muito de um indivíduo para outro. Portanto, recomendamos que você reúna a família para levantar o que é prioritário ou descartável no atual momento.

Também é muito importante buscar ajuda profissional antes de dar início a qualquer negociação, seja para alugar ou comprar um imóvel. Uma imobiliária idônea e reconhecida no mercado faz toda a diferença e conta com profissionais capacitados para orientar e garantir uma transação segura.

E então, será que conseguimos ajudar você a tomar uma decisão entre comprar ou alugar? Esperamos que sim! Agora, aproveite que as informações do artigo estão frescas para discutir diferentes possibilidades com as pessoas de seu convívio.

Se gostou deste conteúdo e quer ter acesso às próximas publicações da URBS, assine a nossa newsletter!


Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Categorias: Dicas