Dicas

Como saber se um bairro é realmente seguro para morar?

maio 14, 2019
Tempo de leitura 6 min

A escolha de um imóvel que esteja localizado em um bairro seguro é uma tarefa complexa que envolve a análise de diversos aspectos. Essa característica é uma das mais requisitadas por quem está em busca de uma residência. É essencial pesquisar bastante o local para não ter surpresas indesejadas no futuro.

Nesse sentido, a região onde o imóvel está localizado deve ser uma das primeiras coisas a serem observadas — e que exerce influência direta para a sua valorização. Afinal, o alto índice de criminalidade que assola o país tem feito com que as pessoas busquem cada vez mais proteção e segurança.

Por isso, vamos apresentar alguns fatores que devem ser levados em consideração no momento da escolha de um bairro seguro para morar. Confira!

Visite o bairro em diferentes horários

O recomendado é fazer visitas pela região onde o imóvel está situado em horários alternados — durante o dia, à tarde e à noite, se possível. Isso é importante porque a dinâmica do bairro pode mudar no decorrer do dia. Desse modo, o local pode apresentar diversos aspectos em horários diferentes — e as suas características podem variar.

Essa medida ajuda a conhecer melhor o bairro e saber se a compra realmente será uma boa escolha. Assim, um bairro com muitos estabelecimentos costuma ser bem movimentado ao longo do dia, durante o horário comercial. Por sua vez, uma região com muitos barzinhos e casas de shows terá mais hábitos noturnos.

Ou seja, a região pode parecer bem tranquila durante o dia. Contudo, quando cai a noite, ela pode se transformar em um local bastante movimentado, barulhento e inseguro, podendo prejudicar a tranquilidade dos moradores. Além disso, você pode analisar questões como a iluminação, o fluxo de carros e o trânsito.

Observe a existência de comércios ao redor

A existência de centros comerciais próximos ao imóvel é um fator positivo na hora de escolher uma região para morar — mercados, bancos, farmácias, shoppings, restaurantes etc. Além da praticidade, rapidez e facilidade de contar com tudo que precisa perto de casa, aumentando a qualidade de vida dos moradores, esse fator contribui para aumentar a segurança da região.

Afinal, a maioria desses estabelecimentos conta com câmeras de vigilância, alarmes e vigias responsáveis por fazer a guarda da região. Esse cuidado contribui para evitar a incidência de atos criminosos e aumenta a segurança no bairro.

Conheça as opções de transporte público disponíveis

Saber se um bairro é considerado seguro também envolve a questão sobre as opções de transporte disponíveis pela região — linhas de metrô, ônibus, estação de trens etc.

Contudo, nem sempre o planejamento das linhas consegue integrar toda a cidade e atender a todas as regiões. Dessa forma, os bairros afastados que não são contemplados com esses serviços são considerados mais desertos e o deslocamento se torna mais complicado.

Nesses casos, será necessário um automóvel ou, na pior das hipóteses, o morador deverá andar a pé — o que pode ser perigoso. Além disso, a região pode ser menos valorizada.

Analise a infraestrutura do bairro

Um bairro com uma boa rede de iluminação pública nas vias de acesso costuma ser menos propício para a ocorrência de assaltos e roubos. Afinal, em regra, os criminosos preferem locais escuros e desertos para cometer delitos.

Além disso, lugares onde há a presença de câmeras de vigilância públicas ou particulares também podem ter menos problemas. Da mesma forma, a presença de parques e jardins não serve somente para tornar o local mais atraente, mas sim para deixar a região mais movimentada.

Além disso, verifique a existência de estacionamentos particulares para automóveis. Deixar os carros estacionados nas ruas em locais públicos pode atrair a atenção de assaltantes. Contudo, esse cuidado costuma ser dispensado, uma vez que praticamente todas as residências dispõem de garagens próprias.

Conheça a vizinhança

A vizinhança é um elemento crucial para ser analisado antes de fazer a escolha do imóvel. Por isso, conheça quem são as pessoas que moram na região e veja o estilo de vida que elas levam. Se puder, caminhe um pouco pelo bairro para ter uma ideia do perfil dos moradores.

Nesse sentido, o ideal é conhecer os vizinhos próximos ao imóvel que você deseja adquirir. Converse com eles e procure conhecer melhor o comportamento e estilo de vida de quem vive ali e se há episódios de violência na região, dentre outras.

Além disso, analise o bairro e a região ao redor e verifique se há índices de criminalidade na região e se há algum ponto que comercialize substâncias tóxicas. Também veja se elas adotam alguma norma de segurança para manter o bairro mais protegido.

Do mesmo modo, os bairros mais agitados onde estão instalados bares, boates e casas de shows tendem a apresentar frequentemente casos de embriaguez dos frequentadores, o que pode gerar transtornos e perturbar a paz dos moradores.

Consulte sobre o bairro na internet

Uma boa maneira de conhecer melhor a região é realizar buscas na internet. Pesquise as características do bairro no Google, veja as matérias que são noticiadas pela imprensa em sites jornalísticos, conheça as ruas por meio do Google Maps etc. Você também pode pesquisar sobre estudos e dados estatísticos a respeito da violência nos bairros — que costumam ser divulgados na Secretaria de Segurança Pública do seu Estado.

Além disso, atualmente existem grupos em redes sociais criados exclusivamente por moradores que residem em determinados bairros. Esses serviços são muito úteis na hora de pesquisar as peculiaridades da região, bem como avaliar a sua segurança por meio do relato de pessoas que ali moram. A partir daí, tire as suas conclusões.

Verifique se há policiamento efetivo

Não abra mão da segurança. Por isso, preste atenção se o bairro conta com cabine policial próxima ou se há policiamento frequente e efetivo na região. Esse cuidado ajuda a intimidar a provável ação de marginais — e deixar os moradores mais tranquilos.

É importante analisar mais a fundo as características e peculiaridades do local antes de escolher um bairro seguro para efetuar a compra de um imóvel. Nesse sentido, nada melhor do que contar com a ajuda de uma imobiliária para auxiliar nesse processo de mapeamento e decisão final.

Se você gostou das dicas sobre como escolher um bairro seguro para morar, curta a nossa página no Facebook e receba conteúdos exclusivos em seu feed!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário