Blog

apartamento novo ou usado

Apartamento novo ou usado: veja como escolher a melhor opção

por URBS Imobiliária - Publicado em 04 de setembro de 2019
apartamento novo ou usado
Tempo de leitura 6 min

No momento de comprar um imóvel, é muito comum ficar em dúvida entre adquirir um apartamento novo ou usado. As duas opções têm vantagens e desvantagens, sendo que cada uma pode ser ideal de acordo com os seus objetivos.

Para fazer essa escolha é preciso considerar vários detalhes importantes, além de definir corretamente as necessidades e desejos de todos os moradores.

Neste texto nós apresentaremos alguns fatores que devem ser comparados entre as duas opções, mostrando o que deve ser analisado e facilitando a sua escolha. Confira!

Preço

Primeiro ponto a se analisar para escolher entre um apartamento novo ou usado é o preço. Aqui é preciso ter cuidado para verificar o custo total que você terá com a aquisição, e não somente o valor da compra.

Apartamentos usados tendem a ter um preço mais barato, afinal eles já têm anos de uso e, geralmente, não contam com uma infraestrutura e soluções mais modernas encontradas nos novos.

Aqui é importante verificar se o apartamento usado não precisa de reformas. Com o tempo é comum que a estrutura e os acabamentos se desgastem, por isso é fundamental fazer uma vistoria para ter certeza de que está tudo em ordem.

Quando é necessário algum reparo, isso pode ser negociado com o vendedor, que fará essa obra por conta ou poderá dar um bom desconto para que o comprador adquira o imóvel e arque com as despesas da reforma.

Já nos apartamentos novos, como não há desgastes, as estruturas estão novas e os acabamentos sem nenhum defeito — ainda assim, a vistoria é importante, tendo em vista que o imóvel pode ter sido construído com materiais de baixa qualidade ou com mão de obra sem qualificação.

Portanto, apesar de eles terem um valor de compra mais alto por todas as modernidades que inclui, o custo total pode ser equiparar a um usado em alguns casos. Assim, é importante pesar essas duas alternativas e verificar qual terá o melhor custo-benefício.

Localização

Muitas pessoas podem não perceber, mas a localização também é um diferencial entre o apartamento novo ou usado e pode fazer muita diferença na hora de escolher entre um e outro.

Isso acontece devido ao crescimento dos centros urbanos: apartamentos usados costumam ter uma localização mais privilegiada, perto de locais importantes e do centro da cidade, tendo em vista que antigamente era mais fácil achar um terreno e construir nessas áreas.

Os apartamentos novos costumam estar um pouco mais afastados do centro, porque as áreas que estão mais desocupadas e têm m lotes capazes de ter uma construção grande tendem a estar fora dos centros hoje em dia.

Claro que isso não é uma regra, é possível achar apartamentos novos bem localizados no centro da cidade e antigos mais afastados, mas a tendência é o contrário.

Aqui também é importante pesar o que a família prefere: morar no centro, com fácil acesso a mais estabelecimentos, local de trabalho e pontos importantes, ou ter mais tranquilidade morando em um uma área mais afastada e com menos movimento.

Opções de financiamento

Outra diferença que influencia a escolha entre um apartamento novo ou usado são as opções de financiamento. Essa é uma forma de pagamento muito utilizada para adquirir imóveis, pois oferece uma alternativa para quem não tem todo o dinheiro guardado.

Quem oferece essa opção são as instituições financeiras (bancos públicos, privados etc.) e cada uma tem suas próprias regras e condições para o parcelamento do valor do imóvel.

É preciso pagar um valor de entrada — que varia entre 10% a 30% do preço do imóvel — e o resto pode ser parcelado em vários anos, chegando a 420 meses em alguns casos.

Geralmente, os apartamentos novos têm mais opções de financiamento e condições mais favoráveis, além de ser mais fácil conseguir a liberação do parcelamento.

O imóvel deve ter toda a documentação em dia, tanto dos órgãos municipais — como cadastro na prefeitura — quanto no Registro de Imóveis — matrícula em dia com todas as averbações.

Além disso, o Programa Minha Casa Minha Vida só pode ser aplicado a imóveis novos. Nenhum imóvel usado, mesmo que atenda aos outros requisitos, pode ser financiado desta forma.

Valorização

Mesmo que você não pense em se mudar em um futuro próximo, é fundamental analisar a valorização do imóvel antes da aquisição. Isso é importante pois o bem é um patrimônio para a família e, em caso de necessidade ou utilização em outros negócios, é preciso ter uma boa liquidez e valor de revenda.

Aqui está uma das grandes diferenças entre um apartamento novo ou usado. Aqueles que têm mais anos de uso costumam ter uma valorizam menor, afinal eles não acompanham a evolução das necessidades e desejos dos moradores, principalmente em relação à infraestrutura e áreas de lazer.

Claro que essa característica tem outras variáveis como localização, pontos de referência, condições da construção, tamanho, número de cômodos etc., mas como regra, os imóveis novos costumam ter um maior valor de revenda.

Isso não quer dizer que ao comprar um imóvel usado você terá prejuízo: se a manutenção estiver em dia e não houver nenhum problema grave, o mercado imobiliário costuma ser bem favorável, e mesmo com um apartamento mais antigo haverá valorização.

Porém, nessas mesmas condições e considerando outros fatores, um imóvel mais novo terá um maior valor de revenda caso seja necessário negociar esse bem.

Infraestrutura

Como dissemos no tópico anterior, a infraestrutura do apartamento é um diferencial bem grande entre os novos e usados e isso pode fazer diferença na hora de escolher entre uma dessas opções.

Os apartamentos novos costumam ter algumas características mais modernas, que servem para suprir as necessidades atuais das famílias e proporcionar mais qualidade de vida.

É comum que imóveis mais novos tenham mais opções de lazer, facilidades para eletrodomésticos mais modernos, forneçam mais de segurança com câmeras e cercas elétricas, além de guaritas e outros dispositivos.

Em apartamentos antigos talvez seja preciso fazer algumas modificações para que todos os eletrodomésticos possam ser utilizados, além de proporcionarem menos garantias de segurança e lazer.

Conhecendo todas essas diferenças entre um apartamento novo ou usado fica bem mais fácil escolher a melhor opção de acordo com as suas necessidades. Não esqueça de que é fundamental contar com uma imobiliária de confiança para auxiliar a escolher a alternativa perfeita para o seu caso.

Este post ajudou a esclarecer algumas dúvidas a respeito de apartamentos novos ou usados? Que tal nos seguir nas redes sociais para ficar por dentro das nossas atualizações? Temos Facebook e Instagram!