Blog

acabamentos para apartamento

Conheça as 6 melhores dicas de acabamento para seu apartamento

por URBS Imobiliária - Publicado em 22 de janeiro de 2019
acabamentos para apartamento
Tempo de leitura 6 min

Um bom acabamento é uma etapa crucial tanto para quem está construindo quanto para quem está reformando um imóvel. Por isso, é importante conhecer bem todas as possibilidades disponíveis no mercado, assim como as opções mais utilizadas no momento.

Isso possibilita que você faça uma boa escolha e que vai durar mais tempo, além de economizar dinheiro ao trocar uma aplicação antiquada por algo mais novo e tecnológico. Para ajudar você a decidir sobre os melhores acabamentos para apartamento, reunimos 6 das melhores dicas. Confira!

1. Aposte no piso laminado

Um lindo piso em madeira traz requinte, conforto e aconchego para seu lar. O problema é que, além de não ser a opção mais ecológica, a tábua corrida é muito cara, especialmente se você pretende usá-la na casa toda.

O tacão ou taco, outro piso em madeira, era muito comum nas residências antigas. Ainda hoje é bastante utilizado para a criação de ambientes com um ar retrô. Entretanto, além de muito caro, também exige manutenção constante e cuidados especializados para sua instalação.

Um alternativa bastante viável é o piso laminado. Além de ser bem mais barato, consiste em uma opção que não agride a natureza e fica tão bonito quanto a madeira. Outra vantagem é que a instalação é bem mais simples, além de exigir menos cuidados com a manutenção.

2. Texturize as paredes

Existem diversas formas de imprimir textura às paredes. A maneira mais comum de fazer isso é aproveitando-se a massa fina. Ela possibilita que você trabalhe de diferentes maneiras, desde a criação de texturas simples que você mesmo pode fazer até trabalhos mais sofisticados.

A massa fina é diferente da massa corrida, pois a segunda é usada para deixar a parede lisinha antes de pintar e não tem a mesma maleabilidade da primeira opção.

Outra forma de causar efeitos em relevo nas paredes é usar revestimentos como pedras, tijolos aparentes e pastilhas. Para que o resultado fique harmonioso, procure não pesar no seu uso. Escolha apenas uma parede ou canto do ambiente para imprimir a textura desejada. O resultado é lindo e o investimento não precisa ser alto.

3. Escolha porcelanato para pisos e paredes

Esse material é feito com matéria-prima de primeira linha e por isso costuma ter acabamento impecável e ser bem resistente. Existem diversos tipos de porcelanato disponíveis no mercado, desde os brilhosos até os foscos, passando pelos estampados que imitam madeira, pedra e outros.

Atualmente, os modelos de porcelanato sem brilho têm sido a preferência de arquitetos e designers de interiores quando vão escolher o acabamento para apartamento. Entretanto, muitas pessoas ainda preferem os modelos claros e brilhosos, especialmente para ambientes maiores.

Vale lembrar que os modelos esmaltados costumam escorregar bastante, então, evite utilizá-los em locais que costumam ficar úmidos ou molhados.

Não se esqueça de verificar o PEI, que é um coeficiente de resistência do material com relação ao desgaste. Isso é importante, pois um local de grande circulação de pessoas comumente precisa de um material mais resistente.

4. Invista em pedras naturais e polidas

Uma bela bancada em granito ou uma pia em mármore dão um charme todo especial a qualquer ambiente. Não importa se a pedra é polida ou está ainda em estado bruto: ela sempre vai enobrecer o acabamento da sua casa.

Por ser poroso, o mármore não é muito indicado para ser usado na cozinha. Ele pode manchar ou ficar corroído com o tempo. Nesses locais, é melhor usar granito. A pedra de São Tomé também é uma ótima sugestão, tanto para ambientes internos quanto externos.

Você pode utilizá-la na parede da varanda ou na sala: tudo vai depender do acabamento dado ao material.

Existem diversos revestimentos em pedra que podem ser usados como acabamento para apartamento. Eles ficam bonitos no piso, nas paredes e em detalhes como bancadas e balcões. Procure se informar sobre qual seria o mais indicado para o ambiente em que deseja aplicar. Alguns podem derrapar ou soltar lascas, por isso vale a pena se informar bem na hora de escolher.

5. Experimente adesivos vinílicos por cima do azulejo dos banheiros

Retirar azulejos é muito trabalhoso e causa muita sujeira. Além da bagunça proveniente da quebradeira, deve-se ainda levar em conta o barulho das makitas, que servem para cortar azulejos. Sem falar no tempo que você vai gastar com a reforma, certo?

Por essa razão, muitas pessoas acabam adiando a troca dos revestimentos do banheiro, mesmo quando não combinam em nada com o resto da decoração da casa. Como alternativa prática e barata, existem os adesivos vinílicos.

Eles são feitos em material próprio para ser aplicado em paredes e cobrem o azulejo antigo sem a necessidade de removê-lo. O efeito fica bastante bonito e você pode trocá-los sempre que desejar, sem precisar quebrar nada.

6. Capriche na escolha das cores

A cor que você vai usar no seu apartamento interfere diretamente no resultado estético e sensorial. Em primeiro lugar, é interessante saber que cada cor remete a uma impressão nas pessoas. O azul traz paz e tranquilidade, o vermelho é estimulante e assim por diante.

No que se refere à decoração, a cada estação é lançada uma cartela de cores, assim como as referências mais utilizadas no momento. Um bom exemplo disso foi a tendência já ultrapassada de pintar uma única parede em um tom bem forte. Atualmente, prevalecem as cores neutras, como o cinza claro, o bege e suas variações.

Escolher a cor errada pode comprometer todo o projeto. A coloração está diretamente relacionada com a imagem que você pretende passar. Assim, não adianta investir em acabamentos em madeira clara e pedras naturais, mas colocar uma cor rosa chamativa para combinar, por exemplo.

Lembre-se ainda de que, se você optar por uma coloração muito ousada para as paredes, precisará escolher todo o mobiliário em tonalidades que não briguem com ela. Se o seu estilo é criativo e moderno, vá em frente. Mas se deseja um ambiente calmo para relaxar, opte por cores neutras.

Não deixe de ficar atento à qualidade dos materiais usados nos acabamentos para apartamento, assim como aos rejuntes e formas de instalação. Não economize na mão de obra. Um bom profissional pode fazer um trabalho lindo com um material ruim, assim como um mestre de obras ruim pode acabar com o seu porcelanato de primeira linha.

Lembre-se de sempre comprar um pouco de material a mais. Assim, se posteriormente alguma coisa quebrar, você terá peças extras para reposição. Na cozinha, escolha materiais fáceis de limpar e que não acumulem gordura; nos quartos evite os pisos gelados demais.

Cores claras ampliam e iluminam o ambiente, já as escuras disfarçam a sujeira.

E aí? Gostou das dicas? Pronto para dar início às reformas? Siga a nossa página no Facebook e receba diariamente atualizações sobre as últimas tendências imobiliárias.