Blog

6 dicas que te ajudam a proteger sua casa do coronavírus

por Johan Pedro - Publicado em 18 de março de 2020
Tempo de leitura 4 min

Mesmo dentro de casa saiba como se proteger com pequenas medidas de prevenção! 

Enquanto as atenções se voltam para o contágio nas ruas ou no trabalho, preparar sua própria casa e adquirir alguns hábitos são fundamentais para proteger sua família. As dicas a seguir vão te ajudar a melhorar sua proteção contra o coronavírus dentro de casa! 

— Fique em casa se estiver doente e incentive quem você conhece, e está doente, a ficar em casa até não ter mais sintomas;

Entradas e saídas

Preste atenção na rotina de todos os moradores na sua casa, garanta que todos higienizem as mãos corretamente sempre que chegarem em casa e antes de cumprimentar qualquer pessoa.

— Substitua aperto de mão, beijo ou abraço por algum comprimento que dispense o toque;

Se possível lave as mãos com frequência e de acordo com as recomendações de infectologistas:

Como lavar as mãos em 6 passos

Na visita de amigos, familiares ou prestadores de serviço, ofereça álcool em gel para a higienização das mãos e dos objetos que forem entregues. 

Fuja de conversa mole

Vacina em cuba, chá de erva-doce, vinagre milagroso? Pior que a epidemia são as notícias falsas! 

Desconfie de soluções mágicas e busque por conteúdos confiáveis. Desinformação e hábitos equivocados podem custar caro para sua família. 

Apesar da alta demanda por álcool em gel, lavar as mãos de forma adequada e evitar contato com o rosto é a medida mais eficiente. Agora, máscaras caseiras, vinagre e álcool em gel “feito em casa” não funcionam e podem gerar uma falsa sensação de segurança.

Sombra e ar fresco! 

Acostumando com ar-condicionado no 15º? Mude de hábito e abra as janelas de casa e dos veículos. A recomendação é garantir o máximo de ventilação em todos os ambientes! 

Passe pano!

Maçanetas, puxadores controles remotos e celulares devem ser higienizados pelo menos 2 vezes ao dia. Estudos mostram que o vírus sobrevive em superfícies de metal, vidro ou plástico por até nove dias.

E atenção! O uso de álcool em gel só é eficaz em concentrações acima de 70% e abaixo de 90%. 

O coronavírus é envolto por uma camada de gordura protetora que só é destruída por álcool quando sua concentração é maior que 70% e então ele age por tempo suficiente para diluir essa camada de proteção. Se o álcool for muito concentrado (acima de 90%) ele evapora antes de agir contra o vírus. A explicação completa está neste vídeo

Cuide dos mais velhos!

Os idosos costumam ser mais vulneráveis a doenças contagiosas – e a Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, não é exceção!

Compre os remédios necessários para os próximos 1 ou 2 meses e faça o possível para que vovôs e vovós fiquem somente em casa! 

Apesar de difícil, faça o possível para manter crianças e adolescentes afastados, os mais jovens não costumam apresentar sintomas da doença, mas são grandes transmissores para os grupos de risco, que são os idosos, pessoas com problemas respiratórios, fumantes, entre outros. 

 Tenha empatia!

Faça compras para os próximos dias, mas com ponderação! Compre somente o necessário, assim não vai faltar suprimentos para ninguém. 

As pessoas mais vulneráveis financeiramente são as mais afetadas nessa situação, uma corrida ao supermercado é desnecessária e vai disparar o preço dos produtos, afetando a todos hoje, e também no futuro. 

Sem desespero!

Está com sintomas ou entrou em contato com alguém em suspeita? 

Procure por testes ou atendimento médico somente se necessário e sempre de acordo com as recomendações das autoridades.

O SUS disponibilizou um app para smartphones Android ou iPhone que permite fazer a triagem diretamente do seu celular e, se necessário, também indica os postos de atendimento mais próximos da sua localização

Mas ATENÇÃO, comparado a outras doenças, o grande problema do coronavírus não é sua taxa de mortalidade, na verdade, a maior preocupação dos especialistas está na sobrecarga dos hospitais e sistemas de saúde. 

Sendo assim, em caso de suspeita, ou de contágio de algum familiar próximo, comunique as autoridades imediatamente e entre em regime de isolamento espontâneo até a confirmação do teste. Quanto menos pessoas circularem nas ruas, mais rápido vamos vencer esse desafio. 

Este vídeo, produzido pelo Washington Post e traduzido para o português, demonstra como as ações de isolamento e quarentena são a melhor saída para combater o avanço da pandemia. 

No próximo post vamos reunir dicas e recomendações sobre conforto e prevenção para quem vai trabalhar ou ficar em casa nos próximos dias.