Dicas

4 razões para se mudar para uma casa nova

maio 18, 2019
Tempo de leitura 6 min

Você mora em um apartamento e está pensando em se mudar para um espaço maior? Então, saiba que adquirir uma casa nova pode ser um bom negócio. Investir nesse tipo de propriedade tem as suas vantagens, principalmente quando o objetivo é ter mais privacidade e segurança.

Mudanças acontecem ao longo da vida. Quando você percebe que o imóvel não está mais satisfazendo às suas necessidades, chegou a hora de procurar um lugar novo para morar — pode ser que o espaço seja pequeno, a distância no deslocamento seja grande, muito trânsito, insegurança etc. Todos esses fatores contribuem para a decisão de morar em um novo endereço.

Pensando nisso, vamos apresentar as principais vantagens de se mudar para uma casa nova e não correr o risco de se arrepender depois. Você também vai conhecer as tendências do mercado imobiliário para os próximos anos. Confira as nossas dicas!

Vantagens de adquirir uma casa nova

1. Segurança

Antes de fechar o negócio, deve ser feita uma avaliação sobre a região onde o imóvel está localizado. Analise o índice de criminalidade no bairro, a existência de policiamento efetivo e a proximidade a periferias ou locais duvidosos.

No mesmo sentido, a maioria dos condomínios residenciais fechados que vêm sendo lançados nos últimos anos oferecem equipamentos que ajudam a promover a segurança dos moradores — disjuntores modernos e de última geração, portas que funcionam com o controle digital por meio de código de acesso, controle de entrada e saída por dispositivos móveis.

Além disso, uma casa nova pode contar com sistema de câmeras e monitoramento com alarme feito por empresas de vigilância. Esse mecanismo é ideal para quem viaja e passa muitos finais de semana ou temporadas fora de casa. Por sua vez, nem sempre um apartamento é sinônimo de segurança. Muitas vezes a proximidade dos apartamentos é um fator de risco que potencializa a ocorrência de assaltos e invasões de domicílio.

2. Menos trabalho com manutenção

Manter a infraestrutura de um imóvel é um cuidado necessário. É preciso analisar constantemente uma série de elementos — sistema hidráulico e elétrico, a condição da fiação, a pintura, limpeza, jardinagem, reformas e por aí vai.

No caso de uma casa nova, não há a necessidade de se preocupar com essas questões. Trata-se de uma preocupação e uma despesa a mais — e por vezes inesperado. Afinal, será necessário gastar recursos para trocar ou limpar o piso e os azulejos, fortalecer as paredes e as vigas, renovar a fachada, reinventar a decoração etc.

O fato é que as casas usadas e antigas costumam demandar maior atenção e cuidados quando o assunto é a manutenção, se comparadas com casas novas. Afinal, essas foram construídas recentemente e toda a sua estrutura é nova e está em bom estado de conservação.

3. Possibilidade de personalização do ambiente

Adquirir uma casa própria traz muito mais liberdade para a decoração. É possível personalizar o imóvel do jeito que você desejar, e o melhor de tudo, sem correr o risco de levar multas ou advertências por ferir o Estatuto do Condomínio — caso de quem mora em prédios.

Nesse sentido, quem mora em uma casa não precisa se prender a nenhum design ou estrutura que não lhe agrada — afinal cada pessoa tem seu estilo. Desse modo, você pode pintar as paredes com as cores de sua preferência, comprar os móveis que mais se encaixam no seu gosto etc.

4. Áreas de lazer

Atentas à preocupação com a saúde e ao novo estilo de vida saudável das pessoas interessadas em adquirir imóveis, as construtoras têm investido na criação de áreas de lazer para a prática de esportes e outras atividades recreativas — são os chamados condomínios-clube.

Aliás, a maioria dessas propriedades oferecem estruturas com piscinas, academia, quadra para esportes, salão de festas, salão de jogos etc. Nada melhor do que manter a saúde em dia sem precisar se deslocar nem pagar a mais por isso — na realidade, essas despesas estão inclusas na taxa de condomínio, que é dividida entre todos os moradores, o que torna o valor menor e mais vantajoso.

Tendências do mercado imobiliário

O ano de 2019 e os seguintes prometem oferecer ótimas oportunidades para quem deseja fazer bons negócios e se mudar para uma casa nova. Vamos apresentar a seguir as principais tendências do mercado imobiliário para ajudar você a ir montando o seu planejamento financeiro.

Facilidade de crédito para financiamento

Com a economia se mantendo estável, a taxa SELIC tem sofrido uma queda nos últimos meses — esse indicador é responsável por estabelecer o índice de juros e conduzir a maioria das operações de crédito que acontecem no Brasil. Trata-se de uma estratégia de redução adotada pelo Governo com o intuito de incentivar o desenvolvimento do setor imobiliário e alavancar a economia.

Esse fenômeno positivo causa um impacto direto na oferta de crédito imobiliário e permite que mais pessoas tenham chance de conseguir um financiamento pelos bancos e demais instituições financeiras a juros menores — trazendo otimismo para quem deseja conquistar a casa nova.

Queda da inflação

A inflação é uma verdadeira inimiga do mercado imobiliário. Isso porque ela gera uma onda de incertezas e prejudica a confiança e o otimismo do futuro comprador, fazendo com que ele desista da compra da casa nova — causando queda nas vendas e esfriando o setor.

Contudo, a economia está vivendo uma fase de recuperação, e o mercado imobiliário tem atraído cada vez novos investidores, o que gera mais ofertas de investimentos e uma queda no preço.

Ampliação do programa Minha Casa Minha Vida

O programa do Governo Federal está em sua terceira fase e vem sofrendo mudanças que têm ajudado a população que busca adquirir uma casa nova.

O que antes era um projeto para auxiliar famílias de renda muito baixa, foi aperfeiçoado. Atualmente esse programa habitacional aceita o financiamento requerido por famílias cuja renda bruta seja de até R$ 9 mil reais.

Além da maior abrangência do público-alvo, o teto para os imóveis também subiu em algumas regiões com o objetivo de se ajustar ao mercado regional e aumentar a sua valorização.

Como você pôde perceber, o mercado imobiliário está acenando positivamente para quem deseja investir em um imóvel recém-construído. Além de ser uma verdadeira mudança de vida, adquirir uma casa nova traz uma série de benefícios para a rotina e a vida dos moradores.

Quer esclarecer suas dúvidas ou tem alguma sugestão sobre como conquistar a casa nova? Deixe um comentário e compartilhe suas considerações!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário